29 abril 2010

LACUNA

Um rosa vermelha sobre a mesa,uma gota de sangue na veia,
uma pulsação no coração,
uma boca sem o beijo com batom,
num canto qualquer abraçado a solidão,
num tempo perdido sem uma paixão.


Catarina Poeta

1 comentários:

tossan disse...

O teu texto é paixão em poesia. Beijo

Postar um comentário