24 janeiro 2010

DÉJÀ VU

Gosto de apreciar a vida de miragem...
As fábulas da existência.
Tudo o que vejo parece fotografia
na memória do meu olhar.

Catarina Poeta

3 comentários:

tossan disse...

Eu também, mas o teu jeito poético de dizer é mais bonito. Beijo

railer disse...

muitas vezes o que tá guardado na cabeça é mais bonito e real do que se fosse registrado em foto. e ninguém tira isso de lá.

Manuela disse...

E não teremos já vivido esses acontecimentos, numa outra vida?...cientistas dizem que não, que o nosso cérebro antevê os sinais...será? tenho uma gata igualzinha à foto...é linda!

Postar um comentário