14 agosto 2009

À TARDINHA

Eu te vejo assim...Eu te sinto em mim...
Teu pulsar,
Teu caminhar,
Todinho em mim.
Eu te quero aqui...
Eu te quero em mim...
O teu aroma,
O teu falar,
Teu corpo todo em mim.
Quero sentir teu calor,
Viajar no teu amor,
Mergulhar no teu olhar.
Ser o teu entardecer,
O sol que deita em você,
Do teu lado adormecer
Junto ao luar.
Ah!, eu quero estar...
Nos teus braços
Quero ficar,
Com os teus passos
Me encontrar,
Neste caminho
Me deixar levar...
Ser o teu amanhecer,
Neste dia o teu querer,
No teu riso me entregar.
Eu te sinto em mim,
Eu me sinto assim,
Quero este momento,
Quero a todo tempo,
Por você me apaixonar...
À tardinha.


Catarina Poeta

6 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Se eu soubesse alguma coisa de música, iria fazer uma belíssima canção com o seu poema.
Gostei imenso querida amiga, o seu poema é muito belo.
Bom fim de semana, beijo.

Soraya Azevinho disse...

um momento só seu =D*

AnaLuísa disse...

«Ser o teu entardecer,
O sol que deita em você,
Do teu lado adormecer
Junto ao luar.»

lindo ! :')

honey, disse...

Perfeito (:

Déia disse...

Amei...
Como é bom querer alguem o tempo todo! e poder estar com esse alguem..

bjs

railer disse...

paixão... tou precisando disso...

Postar um comentário