21 outubro 2008


SAFIRA

Estive olhando o céu
e vi gaivotas voando
no espaço gris.
Procurei o azul que reluz
O dourado do sol...
Não estava lá!
Estava em seu olhar,
safira a brilhar.

Catarina Poeta

4 comentários:

railer disse...

o olhar é tudo...

João da Silva disse...

Que delícia, e quanta leveza há nos seus versos!
Beijinhos carinhosos!

O Espírito do Tai Chi disse...

"Olhar e amar" a vida!... tão simples e às vezes tão dificil.

Gostei...

António Serra

mariam disse...

:)

Postar um comentário