05 julho 2008


PÉTALAS

Encontrei uma flor em meu caminho.
Por todas as razões, olhei-a
e amei-a Intensamente.
De todas as formas, a flor me parecia única,
a melhor de todas, a mais bela,
a que possuía o mais puro aroma.
Até que um dia, igual as outras que conheci,
a flor também murchou,
despetalou-se e feneceu.
E, eu fiquei...
sem a flor que tanto amei.

Catarina Poeta

5 comentários:

Lyra disse...

Olá,

Chegou a atura de eu tirar umas férias :O)))

Entretanto deixei, no meu blog, um “presente” para todos os meus amigos. Espero que gostem!

Tudo de bom para ti.

Beijinhos e até breve.

;O)

Fragmentos de Elliana Alves disse...

Aloooo blogueiro,rsrsss,gostei do teu blog,vim deixar um cheiro e bom dia!!!

Lyndiña disse...

Lindo poema beijos fica com DEUS

Nilson Barcelli disse...

Lindo poema, ainda que o final não seja lá muito feliz...

Boa semana, beijinhos.

railer disse...

nada dura pra sempre... o importante é aproveitar os momentos que são únicos.

Postar um comentário