13 julho 2008

IMPULSO

Quero sentir teu aroma,
teu sabor adocicado,
quero sentir a tua energia,
a densidade do teu ser,
quero amalgamar teus
pensamentos nos meus,
fluir em tua mente
como um gozo,
quero ser teu canto
e embalar teus sentidos,
quero ser teu recanto predileto,
teu momento de sossego,
quero ser teu aconchego
e em teus braços adormecer...
E, se nada disso eu puder ser,
quero apenas ser tua lembrança,
ser teu riso de criança,
a tua saudade derradeira

Catarina Poeta

5 comentários:

Dois Rios disse...

tão intenso qto uma "saudade derradeira".
bj.

La pagina de Daniel Peri disse...

ah que exquisito que escribes.... me gusta mucho tu poesia aunque no hable portugues la entiendo pues me gusta, y casi todo lo que escucho es en ese idioma tan dulce. te felicito. un abrazo desde argentina. daniel. danpe99@yahoo.com

Sininho disse...

Serei apenas uma lembrança, riso de criança, saudade derradeira, envolta em palavras amenas trazidas por pensamentos amorosamente gloriososos!

Um Beijo*

Poesia! disse...

nao deixe de nos enviar poesias!
envie-as para ofogoandacomigo@yahoo.com.br
assim poderemos publica-las!
compartilhe sua pessoa em versos!

railer disse...

é bom a gente saber que é/foi importante pra alguém. e faz bem sentir isso.

Postar um comentário