26 junho 2008

DESCANSO

No meu silêncio,
a tua face,
é o meu repouso...
a tua lembrança,
a minha paz!
Lanço no tempo
o meu riso de luz,
para que te alcance,
centelhas do meu
amor infinito
Catarina Poeta

4 comentários:

MสЯ†iиhส ♥ disse...

Obrigada pelo seu comentario.
O silencio é onde tudo akontece...
traz lembraças, recordaqçoes, alegrias, tristezas. muitas coisas que se calhar pr estupidez não ligamos.
o amor é infinito se assim o quisermos e da outra parte tambem.
o riso é muito mais que tudo. o choro algo que não precisa de palavras tal como o sorriso.
beijinho e rsto de boa semana,
Marta

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Catarina, grata pela visita, adorei conhecer o seu, palavras de muita serenidade...
beijinhos de carinho,
Fernandinha

Marta disse...

Gosto do silencio que as tuas palavras me falam...

beijinho

http://www.marprofundo.net

Maria Laura disse...

Palavras simples num belo poema de amor. Gostei muito.
Obrigada pela visita.

Postar um comentário