03 abril 2008

POEMA INCIDENTAL

Que dos meus lábios saiam pérolas
para romantizar a tua existência,
e que dos teus, caiam pétalas
para suavizar a minha...

Catarina Poeta

4 comentários:

Bruxinhachellot disse...

E que a união desses lábios produza o mel do amor.

Beijos desejosos.

O Profeta disse...

Olá poetiza, são mesmo as as mais perfeitas pérolas que saiem dos teus maravilhosos lábios...


Doce beijo

O Profeta disse...

Olá poetiza, são mesmo as as mais perfeitas pérolas que saiem dos teus maravilhosos lábios...


Doce beijo

Paula Correia disse...

Que lindo poema! Simples,mas avassalador! Amei!

;)****

Postar um comentário